Confesso, estou exausto…

Estou exausto…
Exaustão é algo que não deveria fazer parte da vida de um jovem como eu. Aos 27 anos no auge da minha energia me pego exaurido pela igreja, pela teologia e por mim mesmo.
A mesma igreja que me formou como sou, me ensinou a ama-la, me ensinou a amar o outro de forma humanamente divina se deformou, virou um ninho de usurpadores que me deixam exausto.

Estou exausto dos cultos lotados de gente vazia, vazias por serem cheias de si.

Estou exausto de uma igreja que virou terreno fértil de discursos odiosos, de exclusão, de violência.

Estou exausto de explicar o óbvio, de ter que desenhar elementos básicos da fé cristã, de ter que apresentar características do Cristo que qualquer um que O conheça minimamente deveria carregar em si.

Estou exausto de ouvir justificativas bíblicas pra morte em nome daquEle que é a Vida.

Estou exausto de uma teologia comprometida com os feitos do passado e não com a necessidade de se comprometer com novos feitos que transformem a sociedade que vivemos.

Estou exausto de ver o Cristo ser desprezado pela igreja, de ser rejeitado por ela em cada faminto, em cada gay, em cada mulher violentada.

Estou exausto de mim nisso tudo, que erro e vacilo diariamente, sendo eu mesmo barreira pra mensagem que prego.

Estou exausto do Ismael que por vezes é a imagem e semelhança dessa igreja, hipócrita, perverso e endurecido, “miserável homem que sou”.

Estou exausto de pastorear os impastoreáveis e não ser pastoreado por ninguém, talvez seja eu tb um impastoreável.

Estou exausto dessa religião que sacrifica o outro e nunca a mim, uma vez que o Cristo nos ensinou a sacrificar a nós mesmos em amor e favor do outro.

Estou exausto e sigo como Ariovaldo Ramos não querendo ser evangélico, sigo cansado como o Gondim e de tanto achar tudo isso insuportável como o Caio cheguei onde estou exausto…

Estou exausto, mas não serei consumido por essa exaustão, não desistirei da igreja e não desistirei de mim.

Estou exausto, mas não serei um desistente da caminhada, não abandonarei a mim mesmo no caminho, serei eu cada vez mais parecido com o Cristo que sigo e em comunhão com meus irmãos aperfeiçoaremos o Corpo desse Cristo até a estatura de varão perfeito.

Estou exausto, mas continuarei exaustivamente acreditando na igreja, mesmo que ela não acredite em mim…

Autor: Ismael Lopes (parceiro e colaborador do aosdesigrejados.com)

Texto original publicado no Facebook do autor no ano de 2017.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s